Olá meninas!
Estava um pouco sumida porque tirei umas férias [pulaalegria] com o maridão e fomos para um lugar mágico… Sou apaixonada pelo frio e fomos para Serra Gaúcha e vou compartilhar com vocês os lugares que mais gostei.
Vou dividir em vários posts, porque tem muitos lugares lindos e dicas bacanas para quem ama viajar!
Eu amoooooo viajar, já estive em Canela há 12 anos atrás, na minha lua de mel e decidimos voltar e explorar de uma forma diferente a cidade, alugamos um carro e assim ficou mais fácil organizar os horários, passeios e explorar a cidade. Olha só  minhas fotos de 2003 hahaha

Gramado Blog

Em 2003, ficamos em Canela e fomos por uma agência de viagem, então os passeios eram organizados por eles e mais restritos. E esse ano, como já conhecíamos a cidade e os lugares, decidimos ficar em um hotel no centro de Gramado e alugamos um carro para passeios mais distantes. Foi maravilhoso. Vou começar esse especial de Gramado e Canela por um lugar que eu me apaixonei: Castelinho Caracol (piscada) 

Castelinho Post 3

Eu amooooo conhecer lugares históricos, cheios de lembranças e riqueza cultural. E o Castelinho Caracol é exatamente assim.
O Castelinho Caracol, uma das primeiras residências do município de Canela, foi construído no início do Séc.XX, entre 1913 e 1915, por Pedro Carlos Franzen casado com Luiza Sommer. O casal teve seis filhos: Fernando, Alfredo, Cora e Ivone nascidos no Caracol , Irene a mais velha, que permaneceu no Castelinho e Anita, ambas nascidas em Sesmaria Machado.

Castelinho post 5

A residência foi construída em madeira de araucária, pinheiro típico da região com sistema de encaixes e parafusos, sem o uso de pregos. A madeira recebeu um tratamento de imersão, durante 6 meses, na água do Arroio Caracol; tratamento biológico para, após, ser serrada e seca naturalmente, na sombra, para se tornar duradoura.

Castelinho post 4

Depois disto foi trabalhada, cortada de acordo a servir a construção da residência, em forma de um pequeno Castelo. Com dezoito ambientes, no primeiro pavimento encontram-se quartos, sala de jantar, sala de música, o banheiro e a cozinha.

Castelinho post 7

Castelinho post 2

Castelinho Post 6

No segundo pavimento o destaque fica para o quarto de costura, onde as filhas de Pedro e Luiza Franzem faziam os vestidos, costuravam as capas das cobertas de pena. As penas para a confecção de travesseiros e cobertas secavam na torre, também no pavimento superior, onde se tem uma vista de180º para o vasto verde do entorno.

Castelinho Post 1

O Castelinho Caracol, preserva móveis e utensílios da época de seus moradores, as paredes intactas, mesmo com o passar do tempo -quase um século!- mostram que a construção é resultado de técnica, conhecimento e beleza.

castelinho post 8

Não tem como não se encantar com o lugar, suas histórias e riqueza cultural. Eu fiquei apaixonada por tudo. A paisagem é maravilhosa, o lugar é lindo. Sem falar no mais famoso Apfelstrudel (torta de maçã) da região, é servido na residência e a receita é original da família Franzen. Quem quiser conhecer, fica Estrada do Caracol Km 03, S/Nº Canela, aberto todos os dias, no horário 9h às 13h / 14h 20m às 17h.
O ingresso custa R$ 10,00  para adultos.

Então, gostaram?